O Padre Antônio José celebrou a missa de encerramento de Encontro Estadual de Formação 2016. Refletindo sobre o evangelho do dia (Jo 21, 1-19), o sacerdote comentou sobre os reencontros de Jesus Ressuscitado com os discípulos. No evangelho lido, Jesus encontra Pedro e os outros discípulos no mar da Galileia para falar que “eles ainda tinham de verdade um lugar na missão de Deus”, disse.

Isso porque, sem a presença de Jesus, eles não acreditavam mais em si mesmos. Na passagem, a pesca não estava dando certo e o Senhor Jesus apareceu para mostrar o lugar de lançar as redes. Padre Antônio comentou que isso também acontece em nossas vidas.  Por isso, temos que reconhecer Jesus em nossa existência. Nas palavras do padre, “quando Jesus está perto da gente, não deixa a gente ficar desanimado”, exclamou.

O padre incentivou que os servos e membros de grupo de oração presentes no encontro “lancem as redes de novo, porque Jesus nos dá a fé para lançar. Ao lançá-las, vamos alcançar as pessoas que o Senhor deseja”, insistiu.

Assim, o padre mostrou que a missão que Jesus deu para Pedro é a missão que Deus nos dá hoje também. “Ele conhece e entende as nossas dificuldades, mas Jesus continua a nos chamar. Uma única coisa, o Senhor pergunta: ‘Tu me amas?'”

Assim, o padre encerrou sua homilia, reforçando o chamado de cada servo: cuidar daqueles que são filhos Dele. O sacerdote explicou que Jesus confia a nós o que Ele tem de mais precioso: seus filhos, suas ovelhas. Por isso, espera de nós uma única coisa: amor. Todos nós precisamos amar. “Se você desistir de amar, você fica azedo”, disse padre Antônio José. E, ainda, “Só tem uma maneira da gente amar Jesus: cuidar de quem é Dele”, finalizou.