Diocese de Duque de Caxias e São João de Meriti reune servos do Ministério de Promoção Humana para Avivamento e Formação

No último domingo (27), a diocese de Duque de Caxias e São João de Meriti reuniu servos do Ministério de Promoção Humana para um grande momento de Avivamento, na Igreja Nossa Senhora da Glória, localizada no Engenho do Porto em Duque de Caxias.

Com o tema “As bem-aventuranças: uma transformação de vida!”, a coordenadora diocesana, Carla Freitas exortou profeticamente, que “o Senhor nos convida a viver o nosso ministério primeiramente em nós. É preciso nos encontrarmos com Jesus para que cada um possa levá-Lo aqueles que precisam”. E ainda disse: “Ser bem-aventurado é ser feliz de uma forma verdadeira, é ter uma felicidade que não é passageira. Deixemos o Senhor retirar de nós todas as coisas que nos deixam infelizes”. Durante a pregação, Carla disse também que cada ministeriado precisará, em algum momento, fazer o que Jesus faz: olhar nos olhos de cada pessoa, e nesse olhar, ao enxergar as mazelas e tristezas, simplesmente amar. “-Esse é o nosso chamado!”, afirmou.

A conclusão da pregação culminou num grande momento de oração de Cura Interior, ministrada pela coordenadora do Ministério de Oração por Cura e Libertação Shirley Alves, auxiliada pela coordenadora do  Ministério de Formação Fabiana Melo. Após um longo momento de escuta profética, Carla Freitas propôs um momento de partilha entre os participantes.

Durante a tarde, após animação e condução de oração, o encontro contou com o repasse das formações  do Ministério de Promoção Humana feito por Haretusa Fabres, serva do G.O. Discípulos de Emaús, que explicou a importância da existência desse ministério dentro dos Grupos de Oração. Na sequência, Leandro Carolino, fisioterapeuta, membro do G.O. Frutos da Perseverança, testemunhou a experiência feita por ele durante a Revoada Missionária na cidade de Natal, Rio Grande do Norte, durante o mês de maio deste ano. Leandro explicou que pôde ver a essência desse ministério e ampliou sua visão ao viver essa experiência de conversão e anúncio do evangelho na prática.

Por Ana Carla Oliveira Braga, coordenadora diocesana do Ministério de Comunicação Social

Fotos de Gabriel Porto